RESENHA

Hilda & Freud

Baseada nos escritos e na correspondência de Hilda Doolittle (1886-1961), os espectadores assistem à trajetória e aos conflitos dessa delicada escritora e sua relação de amor em versos livres, definição de sua relação com seu psicanalista. Com uma vida afetiva libertária e tumultuada, de uma sensibilidade extrema e melancólica, H.D. fez algumas tentativas de análise até chegar ao divã de Freud. Em março de 1933, desembarcou em Viena e instalou-se num hotel para sessões diárias no divã em que fez sua “grande viagem” com o Professor, o “médico irrepreensível”.

A peça mescla uma linguagem poética e erudita com projeções contemporâneas que ambientam o espectador na imaginação e no inconsciente dos personagens.

Hilda & Freud é também resultado de uma bem-sucedida parceria entre Quinet e Regina Miranda. Ambos uniram o pensamento coreográfico teatral com o pensamento da psicologia do teatro em movimento.


Autor, diretor e ator: Antonio Quinet.
Atriz: Bel Kutner.
Diretora convidada: Regina Miranda.

Desenvolvido por Bruno Luz © 2016

  • White Instagram Icon
  • w-facebook